Vestidos

Think blue

Por  | 
Fotos: Tisa Jaques

Fotos: Tisa Jaques

 

O rosa, cor da griffe, deu lugar ao azul no último sábado no atelier Carol Hungria. A estilista apresentou Blue, sua primeira coleção prêt-à-porter. Lá, foi possível conferir de pertinho os vestidos daquele editorial que todo mundo já viu nos blogs de casamento. Os modelos, 30 no total, traduzem o conhecido romantismo que pontua as criações da estilista. Mas, afinal, como ter um Carol para chamar de seu? Como a linha Blue vai funcionar na prática?
Cinco perguntinhas para Carol Hungria…
Por que o nome da coleção é Blue?
Carol Hungria: porque queríamos associar ao something blue. Toda noiva precisa ter something old, something new, something borrowed, something blue.

Como vai funcionar? Vai ter ponta-entrega? Ou a noiva escolhe o modelo, a numeração e aí ele será produzido?
CH: A ideia da coleção é que todos os vestidos seja exclusivos. Então fizemos um modelo em cada tamanho, não vamos produzir nenhum outro igual.
É claro que a noiva também pode gostar de alguns detalhes de um outro vestido e encomendar um modelo parecido para ela em outro tamanho ou com qualquer modificação.

Serão feitos ajustes, como as lojas que trabalham com primeiro aluguel fazem? Nesse caso, os ajustes serão feitos no atelier? 
CH: Sim! A proposta é deixar ele perfeito no corpo da noiva, assim como fazemos com os nossos vestidos sob medida. Não queremos entregar ele muito antes do casamento para não correr o risco de a noiva emagrecer antes da data, então, apesar de ter bem menos provas que os vestidos sob medida, ele segue o rumo de fazer uma última prova pertinho do casamento seguindo nosso padrão de qualidade e de atendimento. E é claro que faremos todos os ajustes, assim como as provas, aqui no atelier para as noivas que moram no Rio ou que conseguem vir ao Rio.

E para as noivas de outras cidades que não conseguem vir? Uma noiva do Acre pode ter seu sonhado Carol Hungria? Vai pelos Correios? 
CH: Para as noivas de fora do Rio podemos enviar o modelo nas medidas dela, se for o caso! O ideal é que esse processo também seja mais próximo ao casamento para não ter erro de mudança de medidas.

Os vestidos custam a partir de quanto?
CH: Os vestidos da coleção Blue custam a partir de 8 mil, dependendo do modelo.

Vestido "Pássaro". O xodó de Carol e também de muita gente

Carol Hungria Blue Day 3 Carol Hungria Blue Day 3a

As famosas flores Carol Hungria

As famosas flores Carol Hungria

Carol Hungria Blue Day 3c

Pontos em azul para o something blue, tradição americana que diz que para ter sorte a noiva precisa usar algo nessa cor

Pontos em azul para o something blue, tradição americana que diz que para ter sorte a noiva precisa usar algo nessa cor

Carol Hungria Blue Day 7

Muito amô por essas mangas! Meu vestido preferido da coleção

Muito amô por essas mangas! Meu vestido preferido da coleção

E se não bastassem as mangas, ele ainda tem esse detalhe nas costas <3

E se não bastassem as mangas, ele ainda tem esse detalhe nas costas <3

Carol Hungria Blue Day 8 Carol Hungria Blue Day 9

<3

<3

Carol Hungria Blue Day 12

 

Tisa Jaques é jornalista e produtora de moda. Escreve sobre casamentos desde 2008. Costuma brincar que a sua missão é não deixar as noivas perdidas na linha tênue entre o brega e o chique.

Você precisa estar logado para comentar Login

Deixe uma resposta