Editorial

Noiva Cobogó: mix de espontaneidade, estética e leveza

Por  | 

Fotos: Duo Borgatto

Vestidos: Atelier Julia Penteado | Beleza: Jackeline Monteiro (hair) e Amanda Marinho (make) | Acessórios: Baroque | Buquê: Moça do Buquê | Modelo: Elaine Neves | Fotografia: Duo Borgatto (Fábio Borgatto e Rafa Ramos)

 

A gente ama cobogó. E ama saber que ele é brasileiro*! E o que isso tem a ver com o Noiva Bonita? Bem, arquitetura e moda sempre andaram de mãos dadas. E aqui, nesse editorial clicado em Brasília, o elemento vazado serviu de ponto de partida.

Apesar de ser marcante, o cobogó é translúcido, leve… “A locação foi usada como uma tela em branco, ali deixamos aflorar uma noiva livre. Foi inevitável que as inspirações viessem do bohème, um termo ligado às pessoas de alma livre, como a noiva do editorial é. Também foram usadas referências vintage, com elementos visuais antigos e especiais, sempre carregado de histórias”, conta a especialista em beleza Jackeline Monteiro, uma das idealizadoras do editorial.

A beleza foi uma produção leve, com cabelos despojados: soltos, cacheados e um preso informal. Maquiagem bem iluminada, deixando ou os olhos mais marcados, ou os lábios. Produção perfeita para um casamento no fim de tarde, na praia, na casa de campo ou se esse for o estilo da noiva. Vestidos fluidos, com pouca estrutura, deixam a leveza falar. Para acompanhar a alma leve da noiva, acessórios com uma estética orgânica e buquês que deixam a natureza se expressar da melhor maneira: desconstruídos.

Na mesma intenção segue o registro fotográfico, num estilo de boutique, feito com calma e cuidado, sem a pressa ou uso de luzes artificiais. “Um registro puro de uma mulher autêntica, uma fotografia que nos remete ao mundo da moda, sem perder a naturalidade”, explica.

 

*O cobogó foi criado em Recife, em 1929/1930. O termo deriva das iniciais dos sobrenomes dos três engenheiros que o idealizaram: Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August Boeckmann e Antônio is.

 

 

 

 

Serviço:
Amanda Marinho
Atelier Julia Penteado
Baroque Atelier
Duo Borgatto
Jackeline Monteiro
Moça do Buquê

Tisa Jaques é jornalista e produtora de moda. Escreve sobre casamentos desde 2008. Costuma brincar que a sua missão é não deixar as noivas perdidas na linha tênue entre o brega e o chique.

Você precisa estar logado para comentar Login